...

Doenças comuns do verão podem ser evitadas

02/05/2014
Prodiet Medical Nutrition

As condições climáticas desta época do ano podem causar problemas de diversos tipos à saúde, desde uma queimadura solar até uma hepatite grave. Segundo os especialistas, sol, falta de higiene e de saneamento básico são os principais responsáveis pelos problemas, pois o calor favorece a proliferação de bactérias. Veja a lista de algumas enfermidades comuns no verão e como preveni-las:

Conjuntivite – É um processo infeccioso da estrutura dos olhos (conjuntiva), cujo contágio é de pessoa para pessoa, através das secreções oculares, transmitidas pelo contato direto, das mãos, toalhas, lenços e água da piscina. Os sintomas mais comuns são prurido ocular, lacrimejamento exagerado, desconforto de graus variados e edema das pálpebras. Alguns casos tornam-se mais graves e podem trazer febre, gânglios no pescoço e infecção de outras estruturas do rosto. Para evitar que o quadro se agrave, mantenha uma boa higiene com soro fisiológico e procure orientação médica. Nunca use nenhum medicamento sem prescrição.

Desidratação – Ocorre pela perda de líquidos e eletrólitos, como sódio e potássio, através de vômitos, diarreia ou sudorese intensa. Cada perda deve ser reposta com líquidos adequados, sendo o mais indicado o soro oral (vendido nas farmácias) ou soro caseiro. Para prevenir-se, consuma líquidos de forma abundante (água, sucos de frutas), principalmente quando estiver exposto ao calor. Em caso de vômitos ou diarreia, é importante consultar um médico.

Bicho Geográfico – Muitos donos de cachorro gostam de levar seus animais para a praia. Um dos problemas desse hábito é que as fezes dos cães podem estar contaminadas com o parasita “Ancylostoma caninum”, causador do bicho geográfico. Em contato com a pele humana, a larva causa lesões avermelhadas que provocam coceira e se caracterizam por um contorno tortuoso, semelhante a um mapa. O tratamento da doença consiste na ingestão da dose única de um vermífugo.

Insolação – Ocorre quando há um aumento da temperatura corporal pelo excesso de calor. O tratamento inclui banhos frescos que podem ser de 15 minutos ou mais, medir sempre a temperatura corporal, manter o ambiente fresco e exagerar na hidratação com água e líquidos isotônicos. Para prevenir, basta evitar exposição ao calor, ambientes fechados e quentes.

Infecções gastrointestinais – podem ter origem viral ou bacteriana, e geralmente são adquiridas em praias sem saneamento básico e locais que servem comidas mal conservadas. Essas infecções costumam provocar náuseas, diarreias e vômitos. Para evitá-las, é recomendável consumir alimentos como vegetais, carnes e peixes crus apenas em lugares confiáveis, em que se saiba como as comidas são preparadas. Além disso, lavar as mãos com água e sabão, usar álcool gel, lavar as frutas de casca com água e sabão (mesmo se for descascá-las), higienizar adequadamente as folhas e verduras, e certificar-se da qualidade da água que bebe.

Hepatite A – É uma doença infecciosa aguda, causada pelo vírus da hepatite A, que produz inflamação e necrose do fígado. A transmissão do vírus é fecal-oral, adquirido por água e/ou alimentos contaminados. Ou seja, a prevenção é a mesma que para infecções gastrointestinais. O diagnóstico será feito após consulta médica, bem como o tratamento. Já estão disponíveis vacinas em clínicas particulares de vacinação.

Fontes: Revistas Saúde e Veja

 

Gostou? Compartilhe:

plugins premium WordPress
Conversar pelo WhatsApp
Prodiet em Casa
Olá 👋
Precisando de ajuda?
Conte com o Prodiet em Casa!
Pular para o conteúdo Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.