...

Você sabe como é a alimentação de um jogador de futebol?

11/19/2014
Prodiet Medical Nutrition

Criado no dia 19 de novembro de 1999, em Trinidad e Tobago, numa realização do Dr. Jerome Teelucksingh, o Dia Internacional do Homem foi instituído para promover a saúde deles e a igualdade entre gêneros. Apoiada desde então pela Organização das Nações Unidas (ONU), a data é celebrada em diversas partes do globo. Com um tema por ano, o mote de 2014 é “Trabalhando juntos pelos Homens e Meninos” e um dos ambientes em que este conceito de união faz toda a diferença é o universo do futebol. Presente na realidade de muitos brasileiros, o esporte é também um espaço predominantemente masculino por aqui, principalmente em termos profissionais. E você sabe como é feita a nutrição desses atletas?

“A diferença básica entre a alimentação de uma pessoa ‘normal’ para um atleta está na quantidade do aporte calórico, que na do esportista é bem maior. A adequação do consumo energético e nutricional é essencial para manutenção da performance, da composição corporal e da saúde desses indivíduos”, explica Margarete Albuquerque, nutricionista do time profissional do Coritiba Foot Ball Club. Segundo ela, os jogadores têm uma nutrição equilibrada e completa, com a presença de micronutrientes – vitaminas, minerais e fibras – em todas as refeições, e quantidades maiores de macronutrientes, como os carboidratos e proteínas. Já a gordura, é moderada.

“A nutrição é de fundamental importância no dia a dia de um atleta, pois, por meio dela, conseguimos corrigir problemas visíveis como fadiga precoce, demora na recuperação entre os intervalos de treinos e jogos, queda no rendimento, perda de massa muscular e emagrecimento”, avalia. De acordo com a nutricionista, praticamente todos os atletas utilizam nutrição complementar, seja de proteínas, hipercalóricos, BCAA, creatina, glutamina ou até termogênicos, de acordo com a necessidade de cada um. “Ela garante a quantidade de nutrientes por dose, têm volume pequeno e alta concentração de nutrientes biodisponíveis, além de menor dispêndio energético para digestão.”

Margarete explica que, antes dos treinos e jogos, são priorizados na alimentação desses profissionais os carboidratos (massas, arroz, pães e cereais). Já após, são oferecidas proteínas, como carnes, peixes, ovos, leite e iogurtes. “Um cuidado essencial também, seja antes ou após as partidas, é a questão da hidratação, de fundamental importância e que está diretamente ligada ao rendimento”, completa. Já aos finais de semana, os jogadores do Coritiba estão liberados para aproveitar o momento de lazer em família e comerem o que quiserem, desde que com cautela. “Todo atleta deve ser consciente que o seu corpo é o material de trabalho; portanto, não restrinjo nada, apenas peço para moderarem nos excessos”, afirma a nutricionista, que está presente em todas as refeições possíveis do time, sejam realizadas no clube, em concentrações ou viagens, fazendo o acompanhamento nutricional do elenco e esclarecendo as dúvidas.

 

Gostou? Compartilhe:

plugins premium WordPress
Conversar pelo WhatsApp
Prodiet em Casa
Olá 👋
Precisando de ajuda?
Conte com o Prodiet em Casa!
Pular para o conteúdo Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.